Hora de comer




Algumas crianças já nascem com belo apetite outras quase nada lhes agrada a mesa, também tem aquela fase chatinha em que toda criança passa por uma alteração no apetite. Com esta Técnica, Super Nanny lida com as crianças através do incentivo a mesa, incentivando através de elogios e superando as dificuldades na hora das refeições.

 Técnica do incentivo a mesa

1º Passo: Chamar as crianças e dar a eles duas opções de cardápio, escreva no pratinho de papel ou mostre figuras para que escolham qual dos dois pratos você irá preparar, assim elas sentirão que estão escolhendo o que comer e não que é uma obrigação.

2º Passo: Explicar o comportamento esperado. Ex. Daqui a quinze minutos sai a janta, quero ver toda a família comendo na mesa sem bagunça e com muita fome. Mamãe ( ou papai) está preparando um jantar delicioso pra vocês.

3º Passo: Do lado do prato das crianças terá na mesa um mapa com o cardápio do dia separados por suas utilidades nutricionais. Por exemplo: Salada – Verduras e Legumes/ Adesivo amarelo. Bife com cebola – Carnes/ Adesivo vermelho...etc. Se a criança comer sua salada ganhará seu adesivo amarelo no mapinha, cada comida parte do jantar terá uma cor nos adesivos e se ao final do jantar tudo estiver completo a criança ganhará uma sobremesa bem deliciosa.


4º Passo: Incentivar e elogiar cada coisa positiva que seu filho fizer a mesa. Por ex. – Muito bem João Arthur está sentado como uma rapazinho, - Isso mesmo Gabriela, você já sabe pegar o garfo com uma princesa!Olha só o Pedro já comeu toda a salada, assim vai ganhar todos os adesivos!

S.O.S de Emergência –

*Nunca brigue com seu filho a mesa, se ele ainda não está comendo, dê um tempo a ele para que se adapte. Certifique-se de que ele não esteja comendo bobagens antes das refeições pois isso pode atrapalhar totalmente seu apetite. Tenha paciência e espere os resultados gradativamente.

*Nunca compare seu filho ao irmão ou o chantageie dizendo coisas como: Olhe só o Jorge já comeu tudo, ele é tão bonzinho. Só você que ainda não triscou na comida. Comparar como o irmão está se saindo melhor só o deixará irritado e com problemas de convivência com quem deveria ser amigo.
Texto:  Thaty*

Atenção estas técnicas são da psicopedagoga Jo Frost –Discovery home & health

Nenhum comentário:

Postar um comentário